banners_Invenção do desenho- ficções da memória.png
Art6 copiar.png

Invenção do desenho: ficções da memória

PNLD Literário, PNLD, livros

Mockups-PNLD_0002_a-invenção-do-desenho.png

Invenção do desenho: ficções da memória

 

Autor: Alberto da Costa e Silva

Páginas: 240

Gênero: Diário, biografia, autobiografia, relatos, memórias

Temática: Projetos de vida; Cidadania​

Código: 0138L21611​

Leia o livro na íntegra

banner 2 copiar.png

Sinopse

Neste belo livro de memórias que se lê como um romance, recriam-se 15 anos da vida de um poeta jovem e os ambientes em que passou os seus dias, da adolescência no Rio de Janeiro ao fim da mocidade, como diplomata, em Lisboa. Poucas vezes Alberto da Costa e Silva se olha ao espelho. Quase sempre é nos outros que ele se vê. Pois estas são memórias dos outros. É este, assim, um livro de retratos, e não só daqueles que contaram entre suas grandes amizades ou com ele compartilharam as perplexidades, as angústias, as esperanças e as decepções  da geração que saiu da infância no fim da Segunda Grande Guerra. É também de personalidades mais velhas que conheceu, de Jorge de Lima, Manuel Bandeira e Guimarães Rosa a Juscelino Kubitschek e Antônio de Oliveira Salazar. Este é também um livro de viagens ou, melhor, de encontros com novas paisagens na Europa e  na África, do descobrimento por um rapaz sensível do prazer de olhar o que lhe coube do mundo.

Escolha obras de quem conta
histórias há mais de 80 anos!​